Foz do Iguaçu


    Iguaçu significa água grande em Tupi-Guarani e das Cataratas ao Parque Nacional, Foz do Iguaçu mostra que isso     é verdade. Foz do Iguaçu é a sexta cidade mais visitada do mundo. As riquezas naturais proporcionam roteiros de ecoturismo para os aventureiros e as construções e monumentos históricos dão opções mais calmas aos turistas.

    Descoberta em 1542 pelo espanhol Álvar Nuñez Cabeza, Foz do Iguaçu só começou a ser explorada em 1881 pelos seus dois primeiros habitantes, o brasileiro Pedro Martins da Silva e o espanhol Manuel Gonzáles. Oito anos depois foi fundada a colônia militar na fronteira, marcando o início da ocupação por brasileiros.

    Nos primeiros anos do século XX, Foz do Iguaçu chegou a abrigar 2.000 pessoas. O vilarejo possuia uma hospedaria, quatro mercearias, um rústico quartel militar, mesa de rendas e estação telegráfica, engenhos de açúcar e cachaça e uma agricultura de subsistência.

    Em 14 de março de 1914, foi criado o Município de Vila Iguaçu, com a posse do primeiro prefeito, Jorge Schimmelpfeng, e da primeira Câmara de Vereadores. O município passou a denominar-se Foz do Iguaçu, em 1918.

    Dois anos depois, a estrada que liga Foz do Iguaçu a Curitiba (BR 277) começou a ser construída. Era precária e cheia de buracos. Na década de 50, iniciou-se o asfaltamento da estrada que liga o Paraná de leste a oeste e Foz do Iguaçu a Paranaguá (Ponte Internacional), inaugurando em 1969.

    Situada sobre a maior reserva de água doce do planeta, o Aqüífero Guarani, Foz do Iguaçu se prepara agora para utilizar esse potencial como mais um chamariz para atrair à fonteira. As águas quentes que brotam da terra já fazem a alegria dos hóspedes de um resort de luxo na cidade, mas existem muitos outros empresários locais dispostos a investir nesse filão, que pelos cálculos da administração pública pode dobrar o número de visitantes que desembarcam anualmente em Foz do Iguaçu.

 

 

- deals5 - deal2 - deals5 - deal2