Nova Prata


    Antigamente a região de Nova Prata era habitada por índios chamados Coroados, que tiveram seu primeiro contato com pessoas civilizadas por volta do ano de 1850. Nesse período tiveram alguns desentendimentos, causando a morte de vários índios e forasteiros. Após o entendimento entre as partes Silvério Antônio de Araújo planejou a estrada que daria acesso a cidade de Porto Alegre. 

    O Governo da Província do Rio Grande do Sul, informado disso, deu a Silvério Antônio de Araújo o direito de escolher terras e o mesmo não se fez de rogado, tornou-se proprietário de quase toda a área da atual sede de Nova Prata.

    Em 1865, os índios Coroados venderam as suas terras a Fidel Diogo Filho, que as adquiriu por meio da simples troca por objetos de pouco valor econômico, mas que para os índios representavam muito.

    Os Diogos tomaram conta das terras e iniciaram a construção de algumas casas. Decorrido, algum tempo, os índios entraram em luta com os Diogos e os mataram, em seguida fugiram em direção ao Rio Carreiro afluente do Rio das Antas. Atualmente os descendentes dos índios Coroados acham-se nas reservas indígenas de Cacique Doble e Nonoai. Em homenagem aos primeiros habitantes, um dos hotéis, atualmente, existentes em Nova Prata é denominado Hotel Coroados.

    Nova Prata possui um complexo hidrotermal, que dispõe de todo o conforto para o seu visitante, como estacionamento, bar, lancheria, restaurante, passeios pela mata, piscinas de água termal sem deixar de lado a preservação da natureza, que, diga-se de passagem, foi muito generosa com o local, um passeio realmente imperdível!

 

 

- deals5 - deal2 - deals5 - deal2